Belaventura: Resumos dos capítulos de 20 a 27 de outubro

‘Belaventura’ – Record – 19h30

Confira os resumos dos capítulos da semana:

Sexta, 20 de outubro
Bartolion se aproxima de Enrico e Pietra, que seguem surpresos. Enrico questiona se precisam mesmo se casar e Bartolion aconselha que é justamente em tempos de guerra que atitudes de amor devem ser valorizadas e incentivadas. Severo quer saber de Cedric quais são os próximos passos de Otoniel contra ele. Otoniel pede a Mistral que assegure que a população esteja segura e não entre em pânico e pede para levar Marion de volta a torre. Marion diz que não pode ser tratada assim e já provou que está do lado do rei. Matriona discute com Quixote por ter expulsado Falstaff com um facão, é quando Tácitus entra carregando Carmona sobre o ombro. Carmona o chama de ogro e grita para que a coloque no chão. Corinto entra correndo, ofegante e diz que vai levá-la para casa. Carmona diz que não vai a lugar nenhum. Carmona abaixa a cabeça e chora. Dulcinéa sente dores e Lizabeta está com ela. Elia traz algo para Dulcinéa se alimentar. Gonzalo encontra com Jacques na prisão. Jacques pede que o ajude a sair dali. Enrico diz à Pietra que não vê a hora de tê-la como esposa. Enrico sorri e beija Pietra, carinhoso. Selena está supresa diante de Bartolion e Otoniel e diz que não parece adequado casar Enrico no momento de guerra. Tácitus coloca Carmona na cama e se levanta para sair, mas ela o segura e diz que não quer ficar sozinha.
Carmona e Tácitus se beijam. Enrico e Pietra conversam com Elia que querem uma cerimônia simples para o casamento. Selena está irritada e anda de um lado para o outro diante de Daros e diz que é um absurdo realizar o casamento do príncipe num momento como esse. Cedric sugere a Severo que Pietra seja queimada na fogueira. Chega o dia do casamento de Enrico e Pietra. Na sala do trono, Bartolion se aproxima, se coloca diante de Enrico. Mistral se coloca diante da porta. Pietra entra, linda. Gonzalo diz à Brione para deixarem Belaventura. Brione pede para que não tenha que escolher. Joniel conversa com Tiana sobre reconstruir o reino de Terragalon e Tiana diz que seria uma loucura. Brione resiste, mas aceita partir com Gonzalo. Selena visita Marion na prisão. Selena diz à Marion que Enrico e Pietra estão se casando e que se ela tem alguma coisa que impeça esse matrimônio que fale imediatamente. Severo e Cedric estão diante da mesa, onde há um mapa de Belaventura. Cedric e Severo comemoram com uma taça e brindam. Alguns instantes e Cedric passa mal e cai no chão. Bartolion vai sacramentar a união de Pietra e Enrico e Selena interrompe e diz que o casamento não pode acontecer, para espanto de todos.

Segunda, 23 de outubro
Cedric está tenso, Otoniel segue com a espada em seu peito. Enrico, Pietra, Merlino, Mistral e o Bartolion em alerta. Pietra questiona e Cedric responde que apenas cumpriu ordens ao levar sua mãe que era procurada pela Ordem. Marion está furiosa diante de Leocádia. Arturo discute com Severo por ter colocado Gonzalo para comandar a tropa. Joniel diz a Gonzalo que não tem escolha e terá de enfrentar o rei. Tácitus e Gregor conversam com Matriona, Quixote e Tiana e dizem que encontraram os Errantes que falavam sobre um ataque. Dulcinéa interrompe e diz que o rei precisa ser avisado e todos concordam. Severo está irritado diante de Joniel e Gonzalo e diz que precisa resgatar sua esposa e mãe. Severo sugere que Gonzalo entre no castelo disfarçado. Jacques entra e diz que seu plano se depender dele, não dará certo. Severo manda prender Jacques.
Otoniel proíbe Cedric de sair do castelo. Cedric reage, surpreso, mas controla sua revolta. Lizabeta pede a Enrico que interceda por Jacques para que não pague pelos erros da família. Enrico aceita desde que ela aceite ser sua dama de honra do seu casamento. Lizabeta se surpreende. Carmona discute com Otoniel que está chocada com a notícia do casamento de Enrico. Carmona pega uma trouxa de roupa e diz a Otoniel que vai embora. Páris está aflito e agitado, secando o suor da testa e olhando para a decoração do palecete para o sarau. Tamar vem de dentro e é elogiada por Inesita e Páris que dizem que ela está deslumbrante. Polentina e Fubaldo chegam para o sarau e percebem que chegaram muito cedo. Tiana é presa no castelo de Valedo e diz que não é invasora e quer apenas falar com Gonzalo. Joniel chega na hora e manda soltá-la. Tiana conta a Joniel que há uma ameaça de invasão dos Errantes à Vila. Carmona chora e Enrico pede que ela permaneça no castelo. Carmona chega ao palacete de Páris e alguns plebeus a olham, curiosos. Polentina pergunta à Carmona se ela vai impedir o sarau, e ela responde que veio para ficar. Páris se surpreende. Severo está sentado em seu trono diante de Biniek e Joniel. Severo pergunta como estão os preparativos para o plano. Biniek diz que está tudo certo, os Errantes já estão organizados e espalhados pelos quatro cantos do reino. Pietra está deitada, adormecida. Quando ela desperta assustada, já tendo a boca tampada por alguém. É Cedric.

Terça, 24 de outubro
Pietra está apavorada diante de Cedric que a ameaça entregá-la para ser queimada igual sua mãe. Pietra grita por socorro e Cedric desfere um tapa no seu rosto. Enrico agradece Otoniel por ter acreditado em Pietra. Marion reclama na prisão sobre o tratamento que está recebendo. Biniek negocia com Severo e quer uma garantia. Brione entra apressada e os Errantes a seguram. Severo encara Biniek. Otoniel manda chamar Merlino e diz a ele que está banido de Belaventura. Carmona no sarau, bebe de sua taça, amargurada. Tamar a olha, condoída. Cedric leva Pietra junto de si encostando uma adaga em seu pescoço. Selena surge por trás. Marion e Leocádia se encaram, quando a porta se abre e Fernão aparece vestido de soldado de Belaventura. Selena lança uma adaga e acerta o braço de Cedric. Pietra consegue se desvencilhar e corre na direção de Selena. Cedric escapa dali. Gonzalo avisa a Accalon que o castelo está sendo atacado e pede para avisar o rei. Cedric alcança a carroça em que estão fugindo Leocádia e Marion.

Quarta, 25 de outubro

Carmona ordena que Tácitus dance com ela e aceite seu pedido de desculpas. Páris questiona que ela deve dançar com ele que é o noivo. Carmona já dança e estende a mão para Tácitus. Todos aplaudem e ficam na expectativa. Daros captura Marion e lamenta a Enrico que não conseguiu evitar que os outros fugissem. Jacques sentado no chão, cabisbaixo, acorrentado. Brione entra chorando e brigando com um soldado, que tenta impedir sua entrada. Brione abraça Jacques, muito nervosa. Jacques diz que vai protegê-la e que ela deve tomar cuidado até mesmo com Arturo. Marion fica diante de Otoniel, Enrico, Accalon, Daros e Mistral. Marion se joga aos pés de Otoniel, dramática. Carmona e Páris gargalham, visivelmente embriagados. Falstaff invade a casa de Quixote e pergunta pela mulher grávida dele. Severo pergunta de Marion à Leocádia que fica tensa. Marion revela a Otoniel que Severo está preparando um ataque junto com os Errantes e que eles precisam buscar alianças e reforçar a guarda de Belaventura, mas Otoniel diz que irá atacá-los antes. Bartolion sugere a Enrico e Pietra que devem se casar imediatamente, antes da guerra começar. Enrico e Pietra se olham, confusos.

Quinta, 26 de outubro
Bartolion se aproxima de Enrico e Pietra, que seguem surpresos. Enrico questiona se precisam mesmo se casar e Bartolion aconselha que é justamente em tempos de guerra que atitudes de amor devem ser valorizadas e incentivadas. Severo quer saber de Cedric quais são os próximos passos de Otoniel contra ele. Otoniel pede a Mistral que assegure que a população esteja segura e não entre em pânico e pede para levar Marion de volta a torre. Marion diz que não pode ser tratada assim e já provou que está do lado do rei. Matriona discute com Quixote por ter expulsado Falstaff com um facão. É quando Tácitus entra carregando Carmona sobre o ombro. Carmona o chama de ogro e grita para que a coloque no chão. Corinto entra correndo, ofegante e diz que vai levá-la para casa. Carmona diz que não vai a lugar nenhum. Carmona abaixa a cabeça e chora. Dulcinéa sente dores e Lizabeta está com ela. Elia traz algo para Dulcinéa se alimentar.
Gonzalo encontra com Jacques na prisão. Jacques pede que o ajude a sair dali. Enrico diz à Pietra que não vê a hora de tê-la como esposa. Enrico sorri e beija Pietra, carinhoso. Selena está supresa diante de Bartolion e Otoniel e diz que não parece adequado casar Enrico no momento de guerra. Tácitus coloca Carmona na cama e se levanta para sair, mas ela o segura e diz que não quer ficar sozinha. Carmona e Tácitus se beijam. Enrico e Pietra conversam com Elia e diz que querem uma cerimônia simples para o casamento. Selena está irritada e anda de um lado para o outro diante de Daros e diz que é um absurdo realizar o casamento do príncipe num momento como esse. Cedric sugere a Severo que Pietra seja queimada na fogueira.
Chega o dia do casamento de Enrico e Pietra. Na sala do trono, Bartolion se aproxima, se coloca diante de Enrico. Mistral se coloca diante da porta. Pietra entra, linda. Gonzalo diz à Brione para deixarem Belaventura. Brione pede para que não tenha que escolher. Joniel conversa com Tiana sobre reconstruir o reino de Terragalon e Tiana diz que seria uma loucura. Brione resiste, mas aceita partir com Gonzalo. Selena visita Marion na prisão. Selena diz à Marion que Enrico e Pietra estão se casando e que se ela tem alguma coisa que impeça esse matrimônio que fale imediatamente. Severo e Cedric estão diante da mesa, onde há um mapa de Belaventura. Cedric e Severo comemoram com uma taça e brindam. Alguns instantes e Cedric passa mal e cai no chão. Bartolion vai sacramentar a união de Pietra e Enrico e Selena interrompe e diz que o casamento não pode acontecer, para espanto de todos.

Sexta, 27 de outubro
Enrico e Pietra estão espantados diante de Selena, assim como Otoniel, Accalon, Dulcinéa, Mistral, Elia e Bartolion. Selena argumenta que se Enrico se casar, Pietra em meio a uma guerra, será considerada a princesa da guerra, da miséria do povo, o que pode trazer de volta os boatos de que seria uma bruxa. Enrico segue firme na decisão e Bartolion pergunta se pode prosseguir. Severo passa por Cedric desacordado no chão, senta em seu trono satisfeito. Fernão questiona se era necessário. Severo diz que Cedric não está morto, mas não pode atrapalhar seus planos. Bartolion declara Enrico e Pietra como marido e mulher. Otoniel se emociona. Enrico beija Pietra. Otoniel agradece Accalon e Dulcinéa e diz que a princesa precisará de uma dama de companhia e que Accalon será nomeado como cavaleiro. Dulcinéa e Accalon agradecem. Selena pede desculpas a Otoniel pelo ocorrido.
Fubaldo, animado, contando para alguns fregueses sobre o sarau. Carmona desperta, assustada, ela olha em volta com nojo. Corinto explica à Camorna sobre à noite anterior. Tácitus entra com uma bandeja de frutas, pães e uma jarrinha. Dumas procura por Bartolion para saber de Merlino. Bartolion questiona se Dumas desconfia de Merlino e Dumas fica sem palavras. Na floresta, Joniel e Biniek estão diante de alguns Errantes e os orientam. Fergau com eles. Os Errantes vibram. Gonzalo conversa com Tiana e diz que vai salvar Jacques da masmorra e que depois todos vão sair de Valedo. Otoniel vai até a Vila e faz um discurso para os presentes. Carmona fica sabendo que seu pai está na Vila e pensa que ele foi buscá-la. Tácitus observa, condoído, enquanto Carmona procura se mostrar forte e se afasta. Gonzalo consegue libertar Jacques da corrente. Jacques diz a Gonzalo que pretende evitar que seu pai inicie uma guerra. Joniel treina alguns Errantes.
Enrico conversa com Accalon, quando de repente, Marion invade a sala do trono acompanhada por Nodier e ela diz que falar com Otoniel. Otoniel entra com os soldados na sala do trono do castelo de Valedo. Severo está sentado no trono e sorri para ele. Enrico está diante dos representantes. Accalon, Mistral e Selena a seu lado. Selena observa os homens com desconfiança e questiona a Mistral que nunca os viram antes. Selena diz que vai atrás de Marion para entender o que ela queria, mas é impedida por um dos homens. Pietra entra e diz a Enrico que os homens são inimigos e que é uma armadilha. Enrico já desembainha a espada, assim como todos que estão presentes.
.

Resumos dos capítulos de ‘Belaventura’ da semana 23 a 27 de outubro

Os resumos dos capítulos são disponibilizados pelas emissoras e estão sujeitos a mudanças em função da edição das novelas.
Leia também: Belaventura: Uma região, dois reinos

Comentário

Ver comentários...

Outros canais do site
Resumos dos capítulos das novelas
Programação diária de Filmes da TV
Novidades na Programação da TV
Séries da TV

Veja também: