‘Nos Tempos do Imperador’: uma história de ideais, amor e esperança

Notícias de ‘Nos Tempos do Imperador’:
Foto de Dom Pedro II (Selton Mello) com Teresa Cristina (Leticia Sabatella), e Luísa, a Condessa de Barral (Mariana Ximenes) (Foto: Globo/Paulo Belote) em Nos Tempos do Imperador
Mais de 30 anos se passaram após a Proclamação da Independência. O país em construção, ainda na formação de um Império, deu lugar a um Brasil em busca de identidade e progresso. O ano é 1856, e Dom Pedro II (Selton Mello), o líder que persegue esses ideais. Garantir a integração da nação e ampliar os horizontes do povo, investindo na educação, seriam as chaves para o futuro, na sua visão. ‘Nos Tempos do Imperador’, a próxima novela das seis, que estreia no dia 9 de agosto, é a primeira novela totalmente inédita desde o início da pandemia do coronavírus. A obra, ambientada no Rio de Janeiro, mostra personagens que, assim como Dom Pedro II, são movidos por grandes causas. Ao lutarem por suas paixões, acabam impactando toda a sociedade.

Nesse contexto, o público vai acompanhar a saga do casal Pilar (Gabriela Medvedovski) e Jorge/Samuel (Michel Gomes). Ambos travam batalhas pessoais para mudar seus destinos. Ela quer ser médica, mas vive em uma sociedade que não aceita que mulheres estudem. Ele quer viver em uma cultura mais igualitária, pois é negro e perseguido diante de sua condição de ex-escravizado. Suas trajetórias se cruzam com as dos personagens históricos Imperador Dom Pedro II, a Imperatriz Teresa Cristina (Leticia Sabatella) e Luísa, a Condessa de Barral (Mariana Ximenes).

A trama, escrita e criada por Alessandro Marson e Thereza Falcão, e com direção artística de Vinícius Coimbra, é uma história de amor e esperança, com elementos históricos, que remetem aos dias atuais. “Vamos trazer uma mensagem de responsabilidade com o país. Dom Pedro II tinha muito essa noção. Olhava para o Brasil e pensava o que poderia fazer para melhorar. Era muito bem formado, sabia o valor da ciência, da educação. Era um abolicionista, com um olhar para o Brasil muito responsável e interessante. A novela vai passar isso para as pessoas”, ressalta o diretor artístico, Vinícius Coimbra.

Foto de cena
Para o autor Alessandro Marson, a novela traz a mensagem de que é possível promover ações positivas e usar o poder para o bem. “Vamos falar sobre a importância de pensar no coletivo e não no desejo individual. É tão rico isso! Você estar em um lugar de poder e conseguir usar isso para o bem”, destaca. Já a autora Thereza Falcão reforça que a novela vai inspirar com personagens corajosos, destemidos, que lutam por seus sonhos e defendem suas escolhas: “Somos donos da nossa história. Vamos mostrar o quanto a luta pessoal de cada um atinge a todos que estão à volta e gera transformações”.

Da mesma equipe de criadores da novela ‘Novo Mundo’, exibida pela Globo em 2017 e reprisada em 2020, que retratou um país nascendo, com a chegada da família real portuguesa, ‘Nos Tempos do Imperador’ agora aborda um Brasil já sólido, com um Imperador brasileiro, educado neste país, que vai colocar todo o seu conhecimento a serviço da pátria.

‘Nos Tempos do Imperador’, nova novela das seis da Globo, estreia na próxima segunda, dia 9 de agosto.
Leia também:
‘Nos Tempos do Imperador’: D. Pedro II, a Família Imperial e a Condessa de Barral (Sinopse da novela
‘Nos Tempos do Imperador’: Os caminhos de Pilar e Jorge se encontram
Nos Tempos do Imperador: A Taberna dos Porcos e o sonho de Quinzinho

As cenas vão ao ar em ‘Nos Tempos do Imperador’ a partir de 9 de agosto
Confira os resumos da semana das novelas

Saiba mais das novelas:


Veja também: Todas as telas: filmes e séries nos streamings