Sob Pressão: Carolina consegue um trunfo em defesa na morte de Samuel

A vida de Carolina (Marjorie Estiano) nunca foi fácil. Com a morte de Samuel (Stepan Nercessian) e as acusações de erro médico, ela enfrenta um novo pesadelo: as armações de Renata (Fernanda Torres).


No penúltimo episódio da temporada de Sob Pressão que vai ao ar nesta terça-feira, dia 11, a diretora, na tentativa de evitar ser descoberta caso seja instaurada uma investigação no hospital, aproveita a culpa que recai sobre a cirurgiã e sugere que ela peça uma transferência.


“Eu não sei se você tá em condição emocional de continuar aqui. Eu propus que você fosse transferida pra ela não levar o caso adiante. Acho que você devia trabalhar num lugar mais calmo, uma clínica da família.”, diz a gestora à médica.


“Isso é igual assumir a culpa”, rebate Carolina.
A gestora corrupta levanta suspeita sobre o desempenho da médica durante o atendimento à menina Laís (Betina Druck). Como Carolina e Décio (Bruno Garcia), discordam no diagnóstico, Renata induz a mãe da paciente a pedir que Carol saia do caso.


“A mãe da menina procurou a direção e pediu pra você se afastar do caso da Laís”, Décio dá a notícia.


Com tudo contra Carolina e, diante da suspeita da troca de medicamentos no caso de Samuel, até Evandro (Julio Andrade) decide deixar a vida pessoal de lado e seguir pela opinião de clínico geral, deixando a esposa ainda mais atordoada.


Visivelmente abalada com tantas desconfianças, Carolina decide investigar quem teve acesso à farmácia do hospital na noite da morte do ex-diretor, e acaba descobrindo uma saída em sua defesa: Renata foi à farmácia.


Um tempo depois, Carolina descobre que Renata fez a cabeça da mãe de Laís, deixando a médica furiosa:
“Desculpa eu ter acusado a senhora, doutora. A diretora falou tanta coisa.”
O episódio vai ao ar nesta terça, 11 de dezembro

Confira também os resumos dos próximos capítulos de todas as novelas

Comentário

Veja também